O Uluzziano é um tecno-complexo que data entre aproximadamente 45.000 a 40.000 anos AP, e está associado ao período em que os Neandertais desaparecem e tem-se o início do sinal arqueológico do Homo sapiens na Europa. Este tecno-complexo foi inicialmente descrito tipologicamente, com base nos materiais encontrados em Grotta del Cavallo (Salento, Puglia, sudeste da Itália). Sua caracterização inicial indicou que apresentava características que geralmente são consideradas típicas do chamado "comportamento moderno", incluindo a presença de substâncias corantes, ferramentas ósseas e ornamentos. Além disso, o Uluzziano representa uma ruptura material brusca em comparação ao tecno-complexo Musteriense, anterior e parcialmente contemporâneo, tanto do ponto de vista tecnológico como de estratégia de caça e subsistência. O objetivo deste trabalho é apresentar a história da definição deste tecno-complexo, suas características em relação à indústria lítica, indústria óssea, ornamentos, e métodos de subsistência. Serão apresentadas as hipóteses sobre sua origem e seu fim, e sua relevância para o debate sobre a transição do Paleolítico Superior Médio na Europa.

O primeiro povoamento do Homo sapiens na Itália o que sabemos sobre o tecnno-complexo Uluzziano

Giulia Marciani
Primo
;
Stefano Benazzi;
2022

Abstract

O Uluzziano é um tecno-complexo que data entre aproximadamente 45.000 a 40.000 anos AP, e está associado ao período em que os Neandertais desaparecem e tem-se o início do sinal arqueológico do Homo sapiens na Europa. Este tecno-complexo foi inicialmente descrito tipologicamente, com base nos materiais encontrados em Grotta del Cavallo (Salento, Puglia, sudeste da Itália). Sua caracterização inicial indicou que apresentava características que geralmente são consideradas típicas do chamado "comportamento moderno", incluindo a presença de substâncias corantes, ferramentas ósseas e ornamentos. Além disso, o Uluzziano representa uma ruptura material brusca em comparação ao tecno-complexo Musteriense, anterior e parcialmente contemporâneo, tanto do ponto de vista tecnológico como de estratégia de caça e subsistência. O objetivo deste trabalho é apresentar a história da definição deste tecno-complexo, suas características em relação à indústria lítica, indústria óssea, ornamentos, e métodos de subsistência. Serão apresentadas as hipóteses sobre sua origem e seu fim, e sua relevância para o debate sobre a transição do Paleolítico Superior Médio na Europa.
Giulia Marciani, Stefano Benazzi, Adriana Moroni
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
Marciani et al. 2022.pdf

accesso aperto

Tipo: Versione (PDF) editoriale
Licenza: Licenza per Accesso Aperto. Creative Commons Attribuzione - Non commerciale (CCBYNC)
Dimensione 2.25 MB
Formato Adobe PDF
2.25 MB Adobe PDF Visualizza/Apri

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: https://hdl.handle.net/11585/911563
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact