Revisão sobre a Antropofagiaoswaldiana. Começando com a redescoberta do Manifesto Antropófagomodernista e da obra de Oswald de Andrade, realizada por Haroldo de Campos nos anos 50, este artigo pretende descrever a trajetória dos múltiplos usos da Antropofagia na cultura brasileira, em campos artísticos, críticos e literários e reconstruir a enorme fortuna crítica que teve, focando nos novos significadosque assumiu nos últimos quinze anos. Através desta reconstrução, o artigo analisa a transformação desta metáfora-teoria-conceito, de paradigma anticolonial brasileiro para exemplar modelo de construção de novas subjetividades globalizadas.

Eternos retornos e reusos da Antropofagia oswaldiana

Alessia Di Eugenio
2021

Abstract

Revisão sobre a Antropofagiaoswaldiana. Começando com a redescoberta do Manifesto Antropófagomodernista e da obra de Oswald de Andrade, realizada por Haroldo de Campos nos anos 50, este artigo pretende descrever a trajetória dos múltiplos usos da Antropofagia na cultura brasileira, em campos artísticos, críticos e literários e reconstruir a enorme fortuna crítica que teve, focando nos novos significadosque assumiu nos últimos quinze anos. Através desta reconstrução, o artigo analisa a transformação desta metáfora-teoria-conceito, de paradigma anticolonial brasileiro para exemplar modelo de construção de novas subjetividades globalizadas.
Alessia Di Eugenio
File in questo prodotto:
Eventuali allegati, non sono esposti

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/11585/847970
 Attenzione

Attenzione! I dati visualizzati non sono stati sottoposti a validazione da parte dell'ateneo

Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact