O pensamento português, o crítico e a excepção