Estudos de pesquisa recentes forneceram evidências sobre os benefícios do uso detecnologia digital para aprimorar os aspectosespecíficos na aprendizagem de instrumento e canto, no contexto de aulas individuais. A aplicação de tecnologia digital pode gerartipos de feedback adicionais ao provido pelo individuais. Tipos de feedback adicionais, seja professor, comumente encontrado em aulas visual em tempo real, seja visual combinado com auditivo em tempo posteriori, aumentam a consciência do aluno sobre seu processo de aprendizagem. A improvisação pode ser um desafio para os bacharelandos, que têm o piano como instrumento principal em aulas individuais em que o foco está na interpretação pianística de repertório solo de diferentes períodos. O objetivo desta pesquisa é investigar odesenvolvimento da improvisação com alunos regulares do curso de Bacharelado em Piano de uma instituição de ensino superior brasileira, com o uso da interação reflexiva com osoftware MIROR-Impro, um dos componentes da plataforma MIROR (Musical Interaction Relying On Reflexion – Interação Musical com Base na Reflexão). Dois alunos de bacharelado tiveram duas sessões registradas em vídeo explorando o uso do software MIROR-Impro; duas entrevistas semiestruturadas foram conduzidas a fim de compreender as perspectivas dos alunos quanto ao uso desse recursotecnológico. Os relatos dos bacharelandosauxiliam na compreensão sobre a aplicação do software MIROR-Impro, destacando seusbenefícios e suas limitações, para o desenvolvimento de improvisação em instrumentos deteclado.

Perspectivas de alunos de Bacharelado em Piano quanto ao uso do software MIROR- Impro para desenvolvimento de improvisação

ADDESSI
2019

Abstract

Estudos de pesquisa recentes forneceram evidências sobre os benefícios do uso detecnologia digital para aprimorar os aspectosespecíficos na aprendizagem de instrumento e canto, no contexto de aulas individuais. A aplicação de tecnologia digital pode gerartipos de feedback adicionais ao provido pelo individuais. Tipos de feedback adicionais, seja professor, comumente encontrado em aulas visual em tempo real, seja visual combinado com auditivo em tempo posteriori, aumentam a consciência do aluno sobre seu processo de aprendizagem. A improvisação pode ser um desafio para os bacharelandos, que têm o piano como instrumento principal em aulas individuais em que o foco está na interpretação pianística de repertório solo de diferentes períodos. O objetivo desta pesquisa é investigar odesenvolvimento da improvisação com alunos regulares do curso de Bacharelado em Piano de uma instituição de ensino superior brasileira, com o uso da interação reflexiva com osoftware MIROR-Impro, um dos componentes da plataforma MIROR (Musical Interaction Relying On Reflexion – Interação Musical com Base na Reflexão). Dois alunos de bacharelado tiveram duas sessões registradas em vídeo explorando o uso do software MIROR-Impro; duas entrevistas semiestruturadas foram conduzidas a fim de compreender as perspectivas dos alunos quanto ao uso desse recursotecnológico. Os relatos dos bacharelandosauxiliam na compreensão sobre a aplicação do software MIROR-Impro, destacando seusbenefícios e suas limitações, para o desenvolvimento de improvisação em instrumentos deteclado.
ORFEU
Luciana Hammond; ADDESSI
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
Addessi.2019.9.HAmmond-Addessi.pdf

accesso aperto

Tipo: Versione (PDF) editoriale
Licenza: Licenza per Accesso Aperto. Creative Commons Attribuzione (CCBY)
Dimensione 291.2 kB
Formato Adobe PDF
291.2 kB Adobe PDF Visualizza/Apri

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/11585/727856
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact