Excepção Atlantica. Pensar a literatura da guerra colonial