A questão que Cécile Wajsbrot levanta é fundamental para os escritores da minha geração e testemunhar geralmente é tido como uma injunção moral. É este imperativo, assim como as impossibilidades e os caminhos necessariamente tortuosos, que eu gostaria de tentar descrever.

A esfera de Magdeburgo: “escrever a catástrofe, testemunho e ficção” / furlanetto cardoso. - ELETTRONICO. - (2018), pp. 1-31.

A esfera de Magdeburgo: “escrever a catástrofe, testemunho e ficção”

furlanetto cardoso
Primo
2018

Abstract

A questão que Cécile Wajsbrot levanta é fundamental para os escritores da minha geração e testemunhar geralmente é tido como uma injunção moral. É este imperativo, assim como as impossibilidades e os caminhos necessariamente tortuosos, que eu gostaria de tentar descrever.
2018
9788793530249
Marcel Cohen
La sphère de Magdebourg "Écrire la Catastrophe, témoignage et fiction"
A esfera de Magdeburgo: “escrever a catástrofe, testemunho e ficção” / furlanetto cardoso. - ELETTRONICO. - (2018), pp. 1-31.
furlanetto cardoso
File in questo prodotto:
Eventuali allegati, non sono esposti

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: https://hdl.handle.net/11585/851761
 Attenzione

Attenzione! I dati visualizzati non sono stati sottoposti a validazione da parte dell'ateneo

Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact